Notícias

Home » Notícias » Semove: um novo olhar para a mobilidade do Rio de Janeiro

22/11/2022

Semove: um novo olhar para a mobilidade do Rio de Janeiro


Uma das mais tradicionais organizações que representam o transporte público coletivo do país, a Fetranspor deu início, no dia 8 de novembro, a mais uma etapa do seu processo de reestruturação interna, após a adoção de uma nova governança que valoriza a transparência e a integridade, a partir de 2017. Cinco anos depois, a entidade que representa 184 empresas de ônibus, que operam linhas municipais, intermunicipais e de fretamento em todas as regiões do Estado, responsáveis pelo deslocamento diário de mais de 5 milhões de passageiros, agora passa a ser apresentada publicamente como Semove. Uma mudança fundamental para acompanhar a transformação da sociedade, cada vez mais conectada e exigente de serviços eficientes, estimulando, desta forma, a modernização da federação, que completa 67 anos em 2022.

A renovação fortalece o compromisso da nova entidade e dos seus dez sindicatos associados com a evolução da mobilidade urbana no Rio de Janeiro. A Semove assume o desafio de contribuir ativamente com o debate público que tem a complexa tarefa de responder e atender às exigências da nova dinâmica de deslocamento da população após a pandemia de Covid-19. As respostas precisam levar em conta as novas formas de utilizar o transporte público, influenciadas por novos hábitos de trabalho remoto e de consumo de bens e serviços pela internet. As propostas também devem considerar a defesa da mobilidade coletiva frente à individual, indicando claramente os benefícios para a economia e o meio ambiente de um transporte coletivo mais sustentável e eficiente.

A nova mobilidade exige também novas responsabilidades. A Semove acredita que este momento de reconstrução e redefinição do transporte público é o ideal para levar às suas 184 empresas filiadas os novos valores da entidade, como transparência e trabalho colaborativo. O “Guia da Governança”, coordenado pelo consultor Sergio Avelleda, um dos maiores especialistas no assunto, será avaliado por cada operadora de forma a inspirar suas relações com o agente público, fornecedores e clientes. A transformação também passa pelo novo papel do administrador público, que deverá se tornar o principal financiador da mobilidade, ampliando sua capacidade de gestão do transporte coletivo. Ao passageiro, caberá o entendimento que a exigência por qualidade está atrelada a investimentos públicos para subsidiar a tarifa de transporte, tornando-a socialmente mais equilibrada, acessível e justa.

A Semove representa um novo olhar para a mobilidade urbana, consolidado em valores que consideramos imprescindíveis, como transparência e integridade. Na prática, temos uma entidade mais estruturada para lidar com os novos desafios impostos ao transporte público coletivo, que precisa ser menos dependente da tarifa paga pelos passageiros e, assim, socialmente mais justo, além de ser capaz de atender às expectativas por mais qualidade e previsibilidade. Após as mudanças internas, ou seja, após arrumar a nossa própria casa, iniciamos um novo processo em que precisamos construir junto com governos e a população a mobilidade do futuro.

Para saber mais, visite nosso site clicando aqui . Nossos e-mails também mudaram. Mas, se você mantinha correspondência eletrônica conosco, não se preocupe. Basta substituir o final do antigo endereço por @semove.org.br.

Nosso slogan reflete a nossa essência: Mobilidade em todos os sentidos.

Rumo ao futuro.

Compartilhe:
© Copyright Setrerj 2023 | Todos os direitos reservados.