Notícias

Home » Notícias » Rio Ita, Auto Ônibus Fagundes, Transturismo Rio Minho, Expresso Rio de Janeiro, Expresso Tanguá e Tanguaense implantam Programa de Compliance

12/12/2019

Rio Ita, Auto Ônibus Fagundes, Transturismo Rio Minho, Expresso Rio de Janeiro, Expresso Tanguá e Tanguaense implantam Programa de Compliance


As empresas Rio Ita, Auto Ônibus Fagundes, Transturismo Rio Minho, Expresso Rio de Janeiro, Expresso Tanguá e Auto Viação Tanguaense, filiadas ao Setrerj e que operam o transporte de passageiros por ônibus em diversos municípios do Grande Rio, acabam de finalizar a implantação do seu Programa de Compliance, que conta com o total comprometimento dos acionistas e diretores, e permite as empresas uma maior transparência e ética nos seus negócios. O Programa também assegura altos padrões de integridade e conformidade com a Legislação Brasileira e com os regulamentos dos Órgãos Reguladores e Fiscalizadores, além de orientar os colaboradores no que se refere as Políticas Corporativas estabelecidas.

Compliance significa agir de acordo com uma regra, uma instrução interna, um comando ou um pedido, ou seja, estar em “Compliance” é estar em conformidade com leis e regulamentos externos e internos. Essa área ainda é uma iniciativa em evolução no País, como mostra a pesquisa ‘Maturidade do Compliance no Brasil’, divulgada desde 2015 pela consultoria KPMG. Das 450 organizações ouvidas no levantamento realizado há cinco anos, 19% afirmaram que não tinham a área de Compliance em sua estrutura empresarial. Já na última pesquisa realizada em 2017, esse número foi reduzido para 9%, o que mostra a preocupação das empresas em buscar práticas que promovam maior transparência em suas atividades.

Em 2018, as seis empresas de ônibus haviam dado os primeiros passos para o desenvolvimento do Programa com a criação de uma área de Compliance, nomeando um responsável pela gestão do setor, que passou a executar as atividades de planejamento, mapeamento dos riscos, implantação de controles, estabelecimento de Políticas Corporativas, treinamentos e comunicação. No último trimestre desse ano, a última etapa do programa foi finalizada, com a divulgação e adesão do Código de Ética para mais de 3.800 pessoas, entre colaboradores, gestores e acionistas.

“O nosso desafio inicial era trazer a todos a consciência sobre o que é o Compliance, quais os seus desafios, as suas dificuldades, e os seus benefícios para a empresa e para todos com quem nos relacionamos”, explica o gerente de Compliance das empresas, José Luiz da Costa. Ele também lembra que “o sucesso da implantação se deu pela união e cooperação de todas as áreas corporativas e unidades de negócios, que abraçaram o Programa como um objetivo único de todos.”Os próximos anos serão de amadurecimento do programa, junto a clientes, fornecedores e poder público. “Agora as empresas darão um novo passo ao programa, como a melhoria no relacionamento com o passageiro, o poder público e os fornecedores, contribuindo para um ambiente de negócios ético, onde toda a sociedade sai ganhando”, finaliza José Luiz.

Compartilhe:
© Copyright Setrerj 2020 | Todos os direitos reservados.